Sexta-feira, 20 de Agosto de 2010

ALFAIATES FECHA A SUA ESCOLA PRIMÁRIA

Na longa lista de Escola Primárias fechadas, conta-se, no Concelho do Sabugal, a Escola de Alfaiates e a de Vale de Espinho. É uma tristeza que a Escola feche, por falta de alunos. Melhor fosse que por outras razões, por exemplo, por falta de condições físicas, que isso seria fácil de remediar.

Trata-se de uma realidade inelutável. De entre as causas está a chamada «desertificação do Interior». As pessoas, por falta de condições económicas e de estruturas de apoio, tiveram que emigrar' para as cidades do Litoral, sobretudo, para Lisboa e Porto. Essa debandada começou depois de eu ter feito a escolaridade primária. Dos muitos alunos que éramos, ao tempo, talvez uns cinquenta, só dois ficaram na terra. Os restantes rumaram para fora da terra, já que não podiam emigrar para França, coisa que só veio a acontecer nos anos sessenta, 15 anos mais tarde.

Por outro lado, a falta de gente das aldeias provocou um abaixamento da natalidade, agravada pelo facto de, agora, mesmo os casais férteis, terem uma ou duas crianças.

Esta falta de natalidadeé a característica mais notável e grave do nosso país. E o governo, para agravar a situação - governo que escorna para a esuerda, que é canhoto, ainda tem agravado mais a situação com as suas leis anti-natalidade e fomento do aborto. O que me leva a dizer que este governo é um aborto e será o maior responsável pela grave crise do país. Sócrates tem sido o coveiro do país, mas nunca foi, nem será acusado disso, de má governação. Os deputados só se afligem por ele mentir! mas que é isso de mentir, comparado com a destruição do país? Mas alguém já o culpou de má gestão do país? Não, senhores!

Temos que aceitar o fecho da Escola de Alfaiates e das 700 a somar às 2.500 que a Lulu fechou quanDo era Ministra da Educação e teve que sair antes que tivesse destruído por completo a Educação em Portugal. não faltou muito.

Não há nada a fazer quanto ao fecho das Escolas. Não há nada que dê mais vida e alegria a uma terra do que as suas crianças.

Ainda me lembro, era eu criança e era uma satisfação de entusiasmo ver tantas crianças e jovens numa alegria esfusiante, sobretudo à noite, depois de encerradas as escolas. Era uma regurgitação reconfortante e um bulício constante onde reinava a felicidade. Apesar de não haver dinheiro e sermos todos pobretes, mas alegretes.

Agora...

*

 

publicado por argon às 12:23
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. ALFAIATES FECHA A SUA ESC...

. OFERTA DE LIVROS

. O SOITO (SABUGAL) PROMOVI...

. ALFAIATES - MONUMENTOS NA...

. ...

. A ESTRADA MAIS BEM SINALI...

. USOS E COSTUMES ANTIGOS E...

. ALFAIATES

. UM BLOGUE PARA ALFAIATES

. teste

.arquivos

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

.favorito

. QUERO SER UMA TELEVISÃO

. O ANDARILHO VAGAMUNDO

. BODAS DE OURO MATRIMONIAI...

. A GUERRA MODERNA POR OUTR...

. DEUS, SUA VIDA, SUA OBRA

. UM CONTRASTE CIONTRASTANT...

. FALEMOS DE LIVROS

. TENHO UMA PALAVRA A DIZER

. AS CINQUENTA MEDIDAS - UM...

. O SÍTIO ATÉ ERA LINDO...

blogs SAPO

.subscrever feeds